19.4.08

Amor

Diariamente muitas pessoas são vítimas de homicídio no Brasil - infelizmente. Inúmeras são as crianças assassinadas por ano em nossa pátria, porém, este caso comoveu sobremaneira todos nós... Despiciendo mencionar circunstâncias e envolvidos...

Gostaria de destacar, em poucas palavras, a minha admiração pela sublime atitude da mãe que durante seis anos acalentou, amou, respeitou, viveu e educou 'Isa'. Ana Carolina Oliveira deu a todo país um pouco de si, de seu amor, de seu exemplo cristão. Sua fisionomia serena a transmitir paz, harmonia, amor. A dor da perda fez sua luz brilhar mais intensa, remontando aos ensinamentos de Jesus...

Lembremo-nos do trecho do Pai-Nosso
"Perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tenha ofendido..."
Da Oração de São Francisco
"... é perdoando que se é perdoado"....
De tantas lições trazidas na Bíblia...
"quem não tiver pecado, atire a primeira pedra"... ou
"oferece a face direita àquele que te agrediu na esquerda"....

Há dois mil anos Jesus veio à Terra e nos transmitiu tais lições... Esforcemo-nos para colocá-las em prática no dia-a-dia, especialmente diante de fatos como este.

Para tudo há um propósito... cultivemos o hábito de focar o lado positivo, o ensinamento advindo das adversidades...
A vida em nosso planeta passa rápido... e vivê-la transmitindo amor constantemente é um desafio!


Aceitemos nossos irmãos, respeitemos o caminho de cada um, sejamos compreensivos.

Ana Carolina, no momento em que o país mais precisava, deu seu exemplo de amor.

Sigamos o exemplo de Jesus, também!


Uma pequena homenagem a...

Imaculada crianç a,
Semblante de amor,
A pequena Isa o
Brasil encantou... Aqui
Espalhou luz com maestria e
Lanç ou sementes...
Liç ões de alegria,
Agora em lugar ensina...
Paz na Terra, entre todos os homens de boa vontade!
:-)

3 comentários:

Anônimo disse...

Hello

Andrea disse...

Poxa, que coisa triste essa história da Isabella! Agora ela está no Céu. Oremos pela mãe dela e por todos nós, para que Deus tenha piedade.

Beijão pra tu e saudade!

Nana Flash disse...

Poxa, eu tambem pensei muito na mae quando acompanhei essa historia... e ouvi muita gente criticando, dizendo que ela era "muito fria" para quem tinha perdido uma filha. Mas eh simplesmente uma pessoa que tem uma forma diferente de encarar a vida e suas dores, nao é verdade?
Muita luz para ela e para nós!
Achei q tinha parado de blogar, nunca mais vi posts seus :)
Beijo grande
Ps: Ahh faltou The Doors, bem lembrado... mas faltou muitas outras bandas com The tambem :) fica pra uma atualizaçao, hehehe